Centenário da Arquidiocese de Maceió

sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

Evangelho do dia. Sexta-feira, 25/12/2020. Missa da Aurora

 MISSA DA AURORA  

NATAL DO SENHOR

(branco, glória, creio, prefácio do Natal – ofício da solenidade)

(dia 25, sexta-feira, de madrugada)

Hoje surgiu a luz para o mundo: o Senhor nasceu para nós. Ele será chamado admirável, Deus, Príncipe da paz, Pai do mundo novo, e o seu Reino não terá fim (Is 9,2.6; Lc 1,33).

Ao amanhecer deste novo dia, celebremos com alegria a chegada do nosso Salvador. Jesus é a luz que brilha em meio às incertezas e dúvidas da humanidade. Deixemo-nos envolver por sua bondade e amor e nos disponhamos ao encontro com ele nesta Eucaristia.

Primeira Leitura: Isaías 62,11-12

Leitura do livro do profeta Isaías – 11Eis que o Senhor fez-se ouvir até as extremidades da terra: “Dizei à cidade de Sião: Eis que está chegando o teu salvador, com a recompensa já em suas mãos e o prêmio à sua disposição. 12O povo será chamado Povo santo, os Resgatados do Senhor; e tu terás por nome Desejada, Cidade não abandonada”. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 96(97)

Brilha hoje uma luz sobre nós, / pois nasceu para nós o Senhor.

1. Deus é rei! Exulte a terra de alegria, / e as ilhas numerosas rejubilem! / E proclama o céu sua justiça, / todos os povos podem ver a sua glória. – R.

2. Uma luz já se levanta para os justos, / e a alegria para os retos corações. / Homens justos, alegrai-vos no Senhor, / celebrai e bendizei seu santo nome! – R.

Segunda Leitura: Tito 3,4-7

Leitura da carta de São Paulo a Tito – Caríssimo, 4manifestou-se a bondade de Deus, nosso salvador, e o seu amor pelos homens: 5ele salvou-nos não por causa dos atos de justiça que tivéssemos praticado, mas por sua misericórdia, quando renascemos e fomos renovados no batismo pelo Espírito Santo, 6que ele derramou abundantemente sobre nós por meio de nosso Salvador, Jesus Cristo. 7Justificados assim pela sua graça, nos tornamos, na esperança, herdeiros da vida eterna. – Palavra do Senhor.

Evangelho: Lucas 2,15-20

Aleluia, aleluia, aleluia.

“Glória a Deus nos altos céus, / e paz na terra entre os homens, que ele ama.” Aleluia (Lc 2,14). – R.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas – 15Quando os anjos se afastaram, voltando para o céu, os pastores disseram entre si: “Vamos a Belém ver este acontecimento que o Senhor nos revelou”. 16Os pastores foram às pressas a Belém e encontraram Maria e José, e o recém-nascido deitado na manjedoura. 17Tendo-o visto, contaram o que lhes fora dito sobre o menino. 18E todos os que ouviram os pastores ficaram maravilhados com aquilo que contavam. 19Quanto a Maria, guardava todos esses fatos e meditava sobre eles em seu coração. 20Os pastores voltaram, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham visto e ouvido, conforme lhes tinha sido dito. – Palavra da salvação.

Reflexão:

A presença do Senhor no meio do povo é fonte de luz e esperança. Ele nos salva por sua misericórdia e traz alegria aos pobres, tornando-os anunciadores da Boa-nova.

[Liturgia Diária - Ano 29 - Nº 348 - Dezembro de 2020]

Nenhum comentário:

Postar um comentário