Sorteio

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Ciúme e incompreensão desmembram a Igreja, diz Papa

catequese papa_ciúme e inveja
Santo Padre falou que a Igreja é o Corpo de Cristo, mas há fatores que a dividem, como o ciúme e a incompreensão
“Igreja, Corpo de Cristo” foi o tema da catequese do Papa Francisco, nesta quarta-feira, 22. O Santo Padre falou da comunhão e do amor que marcam uma comunidade de fé, ressaltando, porém, como o ciúme e a incompreensão causam divisões na Igreja.
O Papa definiu a Igreja como a “obra-prima do Espírito”, que infunde em cada um a vida nova do Ressuscitado e faz de todos um só corpo. Mas Igreja não é só um corpo edificado no Espírito Santo, mas sim o Corpo de Cristo; trata-se de um dom recebido no batismo, que tem como consequência uma profunda comunhão de amor.
Cristo ama a Igreja. É preciso corresponder a este amor e compartilhá-lo, disse o Papa. Ele explicou que as divisões, as invejas, as incompreensões e a marginalização não edificam a Igreja como Corpo de Cristo; pelo contrário, desmembram-na.
“Não ser ciumento, mas apreciar nas nossas comunidades os dons e as qualidades dos nossos irmãos. Pois sentir ciúme se alguém comprou um carro ou ganhou na loteria faz desmembrar o Corpo de Cristo. O ciúme cresce e enche o coração, e um coração ciumento é ácido, e em vez de sangue parece ter vinagre”.
Outro conselho do Pontífice é demonstrar proximidade com os que sofrem, expressar a própria gratidão a todos e, de modo especial, aos que desempenham os serviços mais humildes. E, por último, não se sentir superior aos outros.
“Quantas pessoas se sentem superiores aos outros. Também nós dizemos como aquele fariseu da parábola: ‘Agradeço-lhe, Senhor, porque não sou como aquela pessoa, sou superior’. Jamais faça isso. Quando acontecer, lembre-se dos seus pecados, daqueles que ninguém conhece e se envergonhe diante de Deus e feche a boca”.
Francisco concluiu a catequese pedindo ao Espírito Santo que ajude os fiéis a viverem como Corpo de Cristo, unidos como família e como sinal visível e belo do amor de Cristo. 
Fonte - http://papa.cancaonova.com/ciume-e-incompreensao-desmembram-a-igreja-diz-papa/

Hoje na paróquia


Evangelho de hoje, quinta-feira, 23/10/2014


Evangelho do dia - Lc 12, 49-53
Disse Jesus aos seus discípulos: “Eu vim para lançar fogo sobre a terra e como gostaria que já estivesse aceso!

Devo receber um batismo e como estou ansioso até que isto se cumpra! Vós pensais que eu vim trazer a paz sobre a terra?

Pelo contrário, eu vos digo, vim trazer a divisão. Pois, daqui em diante, numa família de cinco pessoas, três ficarão divididas contra duas e duas contra três;

ficarão divididos: o pai contra o filho e o filho contra o pai; a mãe contra a filha e a filha contra a mãe; a sogra contra a nora e a nora contra a sogra”.
-Palavra da salvação.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Papa recorda São João Paulo II destacando herança espiritual

São João Paulo II, canonizado em 27 de abril pelo Papa Francisco / Foto: Arquivo
Pela primeira vez, Igreja celebra memória litúrgica do santo que foi Papa por quase 27 anos. Francisco recordou herança espiritual de seu predecessor
Não esqueçam a herança espiritual de São João Paulo II, foi o pedido deixado pelo Papa Francisco, nesta quarta-feira, 22, dia em que a Igreja celebra, pela primeira vez, a memória litúrgica do santo.
Após a catequese, Francisco saudou um grupo de peregrinos poloneses, recordando a figura do santo canonizado por ele no dia 27 de abril deste ano. “Hoje celebramos a memória litúrgica de São João Paulo II, que convidou todos a abrirem as portas a Cristo. Que sua herança espiritual não seja esquecida, mas nos impulsione à reflexão e ao agir concreto pelo bem da Igreja, da família e da sociedade.”
João Paulo II teve um dos pontificados mais longos da história, com quase 27 anos como Sucessor de Pedro. Eleito em 16 de outubro de 1968, ele iniciou seu pontificado oficialmente no dia 22 de outubro, ocasião em que disse uma frase que se tornou o mote do seu papado: “Não tenhais medo! Abri, melhor, escancarai as portas a Cristo”.

Primeiro Papa polonês, foi João Paulo II quem instituiu o maior evento da juventude mundial: as Jornadas Mundiais da Juventude. Ele também se destacou por sua dedicação ao tema da família,  dando início ao Encontro Mundial das Famílias, realizado a cada três anos desde 1994. A defesa da vida e o diálogo inter-religioso são outros destaques de seu pontificado.
Desde o atentado sofrido em 13 de maio de 1981, na Praça São Pedro, o Papa polonês começou a ter saúde debilitada. Após diversas internações, ele faleceu no dia 2 de abril de 2005, no Vaticano.  Seu funeral foi um dos maiores da história, contando com a presença de vários líderes mundiais e jornalistas.
O primeiro passo para a canonização foi dado, no dia 1º de maio de 2011, quando foi beatificado pelo então Papa Bento XVI, hoje Papa emérito. Cerca de 1 milhão e meio de fiéis foram ao Vaticano para esse momento.
Fonte - http://papa.cancaonova.com/papa-recorda-sao-joao-paulo-ii-destacando-heranca-espiritual/

Missa dos Casais - 18.10.2014

https://onedrive.live.com/redir?resid=4B81C3B848F72456!58877&authkey=!ALXeUQ88s7U7XmE&ithint=folder%2cjpg
Clique na Imagem para ver mais Fotos!

Curso de preparação para pais e padrinhos


Hoje na paróquia

Dia - Toda quarta-feira
Local - Paróquia Divino Espírito Santo
Hora - 19h:30m.
Participe!!!