Sorteio

domingo, 22 de outubro de 2017

Evangelho de hoje, domingo, 22/10/2017


Evangelho do dia - Mt 22,15-21
O Senhor esteja convosco.
Ele está no meio de nós.
PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Mateus.
Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 15os fariseus fizeram um plano para apanhar Jesus em alguma palavra. 16Então mandaram os seus discípulos, junto com alguns do partido de Herodes, para dizerem a Jesus: “Mestre, sabemos que és verdadeiro e que, de fato, ensinas o caminho de Deus. Não te deixas influenciar pela opinião dos outros, pois não julgas um homem pelas aparências. 17Dize-nos, pois, o que pensas: É lícito ou não pagar imposto a César?” 18Jesus percebeu a maldade deles e disse: “Hipócritas! Por que me preparais uma armadilha? 19Mostrai-me a moeda do imposto!” Levaram-lhe então a moeda.
20E Jesus disse: “De quem é a figura e a inscrição desta moeda?” 21Eles responderam: “De César”. Jesus então lhes disse: “Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”.
— Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor!

sábado, 21 de outubro de 2017

Evangelho de hoje, sábado, 21/10/2017


Evangelho do dia - Lc 12,8-12
— O Senhor esteja convosco.
Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas.
Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 8“Todo aquele que der testemunho de mim diante dos homens, o Filho do Homem também dará testemunho dele diante dos anjos de Deus. 9Mas aquele que me renegar diante dos homens será negado diante dos anjos de Deus. 10Todo aquele que disser alguma coisa contra o Filho do Homem será perdoado. Mas quem blasfemar contra o Espírito Santo não será perdoado. 11Quando vos conduzirem diante das sinagogas, magistrados e autoridades, não fiqueis preocupados como ou com que vos defendereis, ou com o que direis. 12Pois, nessa hora, o Espírito Santo vos ensinará o que deveis dizer”.
— Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Paróquia Divino Espírito Santo realiza o seu XXVI ECC


A partir desta sexta-feira à noite até o próximo domingo, será realizado o XXVI ECC da paróquia Divino Espírito Santo, na Jatiúca.
Durante estes três dias, cerca de quarenta casais participarão do Encontro de Casais com Cristo, onde terão a oportunidade de vivenciar momentos maravilhosos e inesquecíveis.
Desejamos que o encontro tenha pleno êxito e que o bom Deus dê muito luz, equilíbrio e sabedoria a todos os que irão promover e vivenciar este evento.

ESPÍRITO DO ECC
O ECC é um serviço-escola. Não é um movimento. Não visa prender a si os casais, nem os casais devem querer ficar presos ao ECC. Apresenta-se como um “SERVIÇO DA IGREJA ÀS FAMÍLIAS DA PARÓQUIA”. É essencialmente paroquial. Esta é a característica fundamental. Pe. Alfonso Pastore chega a dizer que “quem lhe retirar essa característica (paroquialidade) arranca-lhe a alma”. O ECC é feito de casais para casais. É ainda um serviço que procura apresentar aos casais uma visão da Igreja, por meio de seus Documentos e Encíclicas, e de sua Doutrina Social.
Espiritualidade - É a tônica do ECC e se fundamenta em 5 pontos básicos:
a) DOAÇÃO – essência da vida cristã;
b) POBREZA – atitude evangélica fundamental para se colher o Reino de Deus;
c) SIMPLICIDADE – atitude que se traduz num estilo simples, espontâneo e autêntico no relacionamento com os outros.
d) ALEGRIA – nasce da certeza da vitória do bem e é experimentada no encontro, na partilha, na doação, na comunhão com o outro.
e) ORAÇÃO – é uma relação pessoal do homem com Deus em Jesus Cristo.
Juntam-se as estes valores a FRATERNIDADE, a GRATUIDADE e a MISSIONARIEDADE.
Fonte - http://www.ecc.conselhonacional.com.br/posts/1883-espirito-do-ecc
Pascom - PDES

Hoje na matriz Divino Espírito Santo


Sejamos fermentados pela graça de Deus

A graça do Evangelho nos forma e orienta, a cada dia, para lutarmos e combatermos a hipocrisia
“Tomai cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia” (Lucas 12,1).
A primeira coisa necessária é entender a importância do fermento, que leveda e dá consistência à massa. Sem a presença do fermento, a massa fica murcha, não tem o mesmo sabor.
Precisamos ser fermento no mundo, mas, primeiro, precisamos ser fermentados pela graça de Deus, pois é a graça d’Ele que nos dá consistência, que eleva o sentimento da alma e do coração e, acima de tudo, traz o sabor e o valor do Reino de Deus para nós.
Os discípulos de Jesus não podem ser outra coisa no mundo senão o fermento da graça divina, ou seja, levedar, sinalizar e ser a grande presença que faz a diferença.
Fico pensando na mulher que se dedica a fazer o pão, o bolo… Ficam até gostosos, mas não têm fermento! Olhamos para aquele bolo e está murcho, sem consistência, faltou o fermento.
O mundo de hoje está murcho, a vida de muitas pessoas murcharam, perderam a graça e a consistência por falta do bom fermento.
Meus irmãos e irmãs, precisamos ser fermentos na massa, no mundo que está contaminado por tantas maldades e coisas erradas. Resta-nos transformar este mundo pelo exemplo e pelo testemunho. No entanto, tomemos muito cuidado! A advertência de Jesus, no Evangelho de hoje, é: “Tomai cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia”. Temos de cuidar para que o nosso fermento não seja contaminado pela hipocrisia, para que não seja um fermento hipócrita no meio do mundo em que vivemos.
É muito fácil ser hipócrita; é muito difícil ser autêntico e verdadeiro. A graça do Evangelho nos forma e orienta, a cada dia, para lutarmos e combatermos a hipocrisia. E o que é a hipocrisia senão aparentar ser o que não é? O que é a hipocrisia senão falar do que não vive? A hipocrisia é dizer uma coisa e viver outra. É verdade que nenhum de nós é perfeitos nem santo, mas é verdade também que precisamos querer ser perfeitos e santos.
Há coisas que não consigo viver como deveria, e não posso ser hipócrita ao dizer que é errado o que é certo. Eu sei que há coisas que eu faço, que estão erradas e eu reconheço meu erro.
Peço a Deus que me ajude, auxilie-me e direcione a minha vida. E não é porque eu estou tendo essa prática errada, que ela é exemplo para os outros. Não! A minha prática errada está errada. Corrija-se. Tome cuidado. Reveja a sua vida. Lute. Combata. Não podemos levantar uma placa e dizer: “Viva isso. É assim mesmo. Eu nasci assim, vou morrer assim”.
Não deixemos que o fermento da hipocrisia conduza nossa vida. Não sejamos para outros exemplos dessa mesma prática. Com a humildade, a graça de Deus nos ajuda, mas com orgulho a hipocrisia só nos incha e faz viver cada vez mais orgulhosos e soberbos. Deus não nos quer orgulhosos nem soberbos, mas quer que vivamos, acima de tudo, a luta pela santidade.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Evangelho de hoje, sexta-feira, 20/10/2017


Evangelho do dia - Lc 12,1-7
O Senhor esteja convosco.
Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas.
Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 1milhares de pessoas se reuniram, a ponto de uns pisarem os outros. Jesus começou a falar, primeiro a seus discípulos: “Tomai cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. 2Não há nada de escondido, que não venha a ser revelado, e não há nada de oculto que não venha a ser conhecido. 3Portanto, tudo o que tiverdes dito na escuridão, será ouvido à luz do dia; e o que tiverdes pronunciado ao pé do ouvido, no quarto, será proclamado sobre os telhados.
4Pois bem, meus amigos, eu vos digo: não tenhais medo daqueles que matam o corpo, não podendo fazer mais do que isto. 5Vou mostrar-vos a quem deveis temer: temei aquele que, depois de tirar a vida, tem o poder de lançar-vos no inferno. Sim, eu vos digo, a este temei. 6Não se vendem cinco pardais por uma pequena quantia? No entanto, nenhum deles é esquecido por Deus. 7Até mesmo os cabelos de vossa cabeça estão todos contados. Não tenhais medo! Vós valeis mais do que muitos pardais”. — Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor.