Sorteio

sábado, 20 de outubro de 2018

Evangelho de hoje, domingo, 21/10/2018


Evangelho do dia - Mc 10,35-45
Naquele tempo, 35Tiago e João, filhos de Zebedeu, foram a Jesus e lhe disseram: “Mestre, queremos que faças por nós o que vamos pedir”. 36Ele perguntou: “O que quereis que eu vos faça?”
37Eles responderam: “Deixa-nos sentar um à tua direita e outro à tua esquerda, quando estiveres na tua glória!” 38Jesus então lhes disse: “Vós não sabeis o que pedis. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber? Podeis ser batizados com o batismo com que vou ser batizado?” 39Eles responderam: “Podemos”. E ele lhes disse: “Vós bebereis o cálice que eu devo beber, e sereis batizados com o batismo com que eu devo ser batizado. 40Mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. É para aqueles a quem foi reservado”.
41Quando os outros dez discípulos ouviram isso, indignaram-se com Tiago e João. 42Jesus os chamou e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem e os grandes as tiranizam. 43Mas, entre vós, não deve ser assim; quem quiser ser grande, seja vosso servo; 44e quem quiser ser o primeiro, seja o escravo de todos. 45Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos”. — Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Catequese Bíblico-Missionária
As leituras de hoje nos ensinam como viver numa Comunidade cristã. Toda Comunidade deve ser um sinal do Reino de Deus, lugar onde as pessoas criam laços afetivos, vivendo a fraternidade. Éviver a féque professamos no Batismo. Numa Comunidade cristãnãodeveria haver títulos que separam e segregam as pessoas. Como diz Jesus, ninguémdeveria aceitar ser chamado de mestre, nem de guia, nemde pai (cf. Mt 23,8-10). Ninguémdeveria ser destacado por seu saber, pelas riquezas ou por suas posições dentro da sociedade.
Viver em fraternidade significa afirmar a igualdade de todos diante de Deus, superando o espírito de competição, de discórdia e de autoritarismo. Para que essa proposta seja possível, Jesus deixa um mandamento: entre vós, não deverá ser assim! Quem quiser ser grande ou o primeiro, seja servo de todos! Um mandamento difícil de ser observado.
O que sustenta uma Comunidade cristã é o serviço mútuo. Na proposta de Jesus, autoridade não significa mando, nem poder pessoal. Autoridade é serviço, partilha de qualidades e dons. Quem busca uma posição dentro da Comunidade deve se espelhar em Jesus, o modelo do verdadeiro servidor. “Eu estou no meio de vocês como aquele que serve” (Lc 22,27).
Na Primeira Leitura, do livro de Isaías, temos um trecho do quarto cântico do Servo. Desde o começo, a Comunidade cristã descobriu nesses cânticos o rosto do verdadeiro Messias. Jesus é esse Servo de Deus. Através da atuação do Servo, Deus manifesta sua justiça, vencendo todas as injustiças humanas. Mas a vitória de Deus não se fará sem o sofrimento do Servo, porque a injustiça humana é forte, traiçoeira e impiedosa.
No tempo de Jesus muita gente esperava um Messias. Mas um Messias dentro da mentalidade humana, um líder que viesse com força e poder. Ninguém esperava um Messias que fosse servidor, fraco e indefeso. O cântico do Servo vem nos lembrar que a força de Deus se manifesta na fraqueza humana. “Quando sou fraco, aí é que sou forte” (2Cor 12,10).
Só os pobres conseguem perceber esse recado de Deus. Jesus, instruído pelo Pai e pelos pobres, revelou o sentido verdadeiro do poder: o serviço a Deus e aos pobres. “O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar sua vida em resgate de muitos” (Mc 10,45). Nossas Comunidades deveriam viver essa proposta de Jesus, acolhendo seu mandamento radical: quem quiser ser o maior que seja o servidor de todos. Não podemos reproduzir entre nós os valores da sociedade humana, onde reinam a força, o poder, as honrarias e a corrupção.

Francisco Orofino e Frei Carlos Mesters

Oração
Deus eterno e todo-poderoso, dai-nos a graça de estar sempre ao vosso dispor e vos servir de todo o coração. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
— Amém.
Fonte - http://www.a12.com/reze-no-santuario/deus-conosco

Hoje teremos mais uma Noite de Massas


Evangelho de hoje, sábado, 20/10/2018


Evangelho do dia - Lc 12,8-12
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 8“Todo aquele que der testemunho de mim diante dos homens, o Filho do Homem também dará testemunho dele diante dos anjos de Deus. 9Mas aquele que me renegar diante dos homens, será negado diante dos anjos de Deus. 10Todo aquele que disser alguma coisa contra o Filho do Homem será perdoado. Mas quem blasfemar contra o Espírito Santo não será perdoado. 11Quando vos conduzirem diante das sinagogas, magistrados e autoridades, não fiqueis preocupados como ou com que vos defendereis, ou com o que direis. 12Pois, nessa hora, o Espírito Santo vos ensinará o que deveis dizer”. — Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.
 Comentário
Somos cristãos e somos chamados a dar testemunho de Cristo. A fé em nosso Redentor ultrapassa o tempo e a história, nos faz vencer nossos medos ou uma religião vivida timidamente e nos torna comprometidos com a verdade de Cristo: “Todo aquele que der testemunho de mim diante dos homens, o Filho do Homem também dará testemunho dele diante dos anjos de Deus”. Vivamos a fé com alegria, pois ela nos liberta e nos dá a paz.
 Oração
ÓDeus, sempre nos preceda e acompanhe a vossa graça para que estejamos sempre atentos ao bem que devemos fazer. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
http://www.a12.com/reze-no-santuario/deus-conosco

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Horário de missas na paróquia


Evangelho de hoje, sexta-feira, 19/10/2018


Evangelho do dia - Lc 12,1-7
Naquele tempo, 1milhares de pessoas se reuniram, a ponto de uns pisarem os outros. Jesus começou a falar, primeiro a seus discípulos: “Tomai cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. 2Não há nada de escondido que não venha a ser revelado, e não há nada de oculto que não venha a ser conhecido.
3Portanto, tudo o que tiverdes dito na escuridão, será ouvido à luz do dia; e o que tiverdes pronunciado ao pé do ouvido, no quarto, será proclamado sobre os telhados.
4Pois bem, meus amigos, eu vos digo: não tenhais medo daqueles que matam o corpo, não podendo fazer mais do que isto. 5Vou mostrar-vos a quem deveis temer: temei aquele que, depois de tirar a vida, tem o poder de lançar-vos no inferno.
Sim, eu vos digo, a este temei. 6Não se vendem cinco pardais por uma pequena quantia? No entanto, nenhum deles é esquecido por Deus. 7Até mesmo os cabelos de vossa cabeça estão todos contados. Não tenhais medo! Vós valeis mais do que muitos pardais”.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Comentário
São Paulo da Cruz, nascido na Itália no ano de 1694, dedicou-se intensamente à pregação da missão, de modo bastante popular. Suas reflexões e meditações na pregação eram centradas na paixão de Cristo. Unia a contemplação do sofrimento de Cristo à obra da evangelização. O mistério da cruz é o mistério da nossa salvação, e dela nos vem a confiança e a esperança da vida em Deus. Fundou a Congregação dos Passionistas, que anunciam com fervor a redenção em Cristo. Nele está a certeza de nossa salvação.

Oração
Ó Deus, o presbítero São Paulo, que fez da cruz o seu único amor, nos obtenha a vossa graça para que, estimulados pelo seu exemplo, abracemos com coragem a nossa cruz. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

O Espírito de Deus transforma o nosso coração

Que o Espírito de Deus esteja nos impulsionando a sermos bons evangelizadores e a cuidarmos dos corações
“Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. Não leveis bolsa, nem sacola, nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho! Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: ‘A paz esteja nesta casa!’” (Lucas 10,3-5).
Hoje, temos a graça de celebrar o evangelista São Lucas. Que bênção e que ternura ele significa para a nossa vida!
São Lucas, homem de Deus, foi um médico movido pela graça do Senhor, que dedicou sua profissão não só para cuidar do corpo das pessoas e das suas necessidades corporais, mas também dedicou sua união com Deus para cuidar do espírito e da alma, de onde provém a verdadeira saúde para todos nós.
O evangelista São Lucas nos deixou o Evangelho onde há o selo do Espírito. Ele foi movido pelo Espírito Santo e, na intimidade com o Paráclito, escreveu-nos não só o Evangelho como o conhecemos, mas toda a sua obra que se estende pelos Atos dos Apóstolos ou os Atos do Espírito Santo.
Um homem e uma mulher que tenham o Espírito, levam a vida no Espírito naquilo que fazem, escrevem, falam e realizam. Por isso, o Evangelho está nos dizendo justamente isso no dia de hoje.
Somos enviados como ovelhas para o meio dos lobos e precisamos da medicina divina, do cuidado divino, do espírito divino em nós, naquilo que fazemos e no que realizamos. Para que, realmente, levemos a graça de Deus naquilo que praticamos.
São Lucas nos ensina, no dia de hoje, que precisamos ir para o meio do povo e não precisamos temer aqueles que creem e os que não creem, não temer os que pensam diferente de nós.
Levemos o bom odor de Cristo, levemos o Cristo em nós, levemos o Cristo que irradia de nós, levemos o Espírito da paz que transforma, reconcilia, faz nova todas as coisas e transforma os corações.
Que o Espírito de Deus esteja nos impulsionando a sermos bons evangelizadores, que esteja nos impulsionando a cuidarmos dos corações, e que comecemos pelo nosso, pois é onde o Espírito renova e faz nova todas as coisas. Que, também, levemos o bom odor de Cristo para o coração dos homens.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Hoje na matriz Divino Espírito Santo