Centenário da Arquidiocese de Maceió

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Liturgia Diária. Quinta-feira, 03/09/2020

 


3 – QUINTA-FEIRA
   

SÃO GREGÓRIO MAGNO

PAPA E DOUTOR DA IGREJA

(branco, pref. comum ou dos pastores – ofício da memória)

O Senhor o escolheu para a plenitude do sacerdócio e, abrindo seus tesouros, o cumulou de bens.

Gregório, que nasceu em Roma no ano 540 e lá faleceu em 604, inseriu-se na vida monástica quando ainda era prefeito da cidade, tornando-se abade. Eleito papa, exerceu seu pontificado com especial atenção às populações maltratadas pelos bárbaros. Destacou-se por seu grande zelo pela liturgia e pelo canto sacro. A seu exemplo, sejamos abertos ao conhecimento da verdade e à prática do amor fraterno.

Primeira Leitura: 1 Coríntios 3,18-23

Leitura da primeira carta de São Paulo aos Coríntios – Irmãos, 18ninguém se iluda: se algum de vós pensa que é sábio nas coisas deste mundo, reconheça sua insensatez, para se tornar sábio de verdade; 19pois a sabedoria deste mundo é insensatez diante de Deus. Com efeito, está escrito: “Ele apanha os sábios em sua própria astúcia”, 20e ainda: “O Senhor conhece os pensamentos dos sábios; sabe que são vãos”. 21Portanto, que ninguém ponha a sua glória em homem algum. Com efeito, tudo vos pertence: 22Paulo, Apolo, Cefas, o mundo, a vida, a morte, o presente, o futuro, tudo é vosso, 23mas vós sois de Cristo, e Cristo é de Deus. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 23(24)

Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra.

1. Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, / o mundo inteiro com os seres que o povoam; / porque ele a tornou firme sobre os mares / e, sobre as águas, a mantém inabalável. – R.

2. “Quem subirá até o monte do Senhor, / quem ficará em sua santa habitação?” / “Quem tem mãos puras e inocente coração, / quem não dirige sua mente para o crime. – R.

3. Sobre este desce a bênção do Senhor / e a recompensa de seu Deus e salvador.” / “É assim a geração dos que o procuram / e do Deus de Israel buscam a face.” – R.

Evangelho: Lucas 5,1-11

Aleluia, aleluia, aleluia.

Vinde após mim, disse o Senhor, / e eu ensinarei a pescar gente (Mt 4,19). – R.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas – Naquele tempo, 1Jesus estava na margem do lago de Genesaré, e a multidão apertava-se ao seu redor para ouvir a Palavra de Deus. 2Jesus viu duas barcas paradas na margem do lago. Os pescadores haviam desembarcado e lavavam as redes. 3Subindo numa das barcas, que era de Simão, pediu que se afastasse um pouco da margem. Depois, sentou-se e, da barca, ensinava as multidões. 4Quando acabou de falar, disse a Simão: “Avança para águas mais profundas, e lançai vossas redes para a pesca”. 5Simão respondeu: “Mestre, nós trabalhamos a noite inteira e nada pescamos. Mas, em atenção à tua palavra, vou lançar as redes”. 6Assim fizeram, e apanharam tamanha quantidade de peixes, que as redes se rompiam. 7Então fizeram sinal aos companheiros da outra barca, para que viessem ajudá-los. Eles vieram, e encheram as duas barcas, a ponto de quase afundarem. 8Ao ver aquilo, Simão Pedro atirou-se aos pés de Jesus, dizendo: “Senhor, afasta-te de mim, porque sou um pecador!” 9É que o espanto se apoderara de Simão e de todos os seus companheiros, por causa da pesca que acabavam de fazer. 10Tiago e João, filhos de Zebedeu, que eram sócios de Simão, também ficaram espantados. Jesus, porém, disse a Simão: “Não tenhas medo! De hoje em diante, tu serás pescador de homens”. 11Então levaram as barcas para a margem, deixaram tudo e seguiram a Jesus. – Palavra da salvação.

Reflexão:

Jesus está à beira do lago e sua preocupação primeira não é pescar peixes. Seu interesse se volta principalmente para a multidão que “se apertava ao redor dele para ouvir a Palavra de Deus”. E Jesus as ensinava. A importância desse fato é ilustrada pelo episódio que ocorre na sequência. Pela palavra de Jesus, houve abundância de peixes nas redes dos pescadores. Haverá também aproximação de multidões de pessoas para ouvir a Palavra de Deus, pela voz do discípulo do Senhor: “A partir de agora você vai ser pescador de gente”. A missão está inaugurada. Missionários são os discípulos e discípulas do Mestre de Nazaré. O tema da pregação é a Palavra de Deus. O sucesso da missão virá da humildade do evangelizador (“sou um pecador”) e do poder de Jesus: “Avance para águas mais profundas”.

Oração
Ó Jesus Mestre, em obediência à tua palavra, Pedro e seus companheiros lançaram as redes em águas mais profundas. Surpresos, apanharam “tanto peixe que as redes se arrebentavam”. Queremos, Senhor, estar sempre atentos aos teus apelos, certos de que, desse modo, nossa labuta não será em vão. Amém.

(Dia a dia com o Evangelho 2020 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp (dias de semana) Pe. Nilo Luza, ssp (domingos e solenidades))

Fonte - https://www.paulus.com.br/portal/liturgia-diaria/3-quinta-feira-2/#.X00EIotv_IU

Nenhum comentário:

Postar um comentário