Sorteio

quinta-feira, 25 de julho de 2019

Para seguir Jesus é preciso ser um servidor


“Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos” (Mateus 20,26-28).
Temos a grande graça de celebrarmos, na Liturgia do dia de hoje, o apóstolo São Tiago. Filho de Zebedeu e Salomé, o apóstolo São Tiago era irmão do apóstolo João, autor do Evangelho que nós tanto amamos nas Sagradas Escrituras.
O que chama à atenção, na Palavra que a Igreja nos dá hoje para celebrarmos o apóstolo São Tiago, é a atitude da mãe dele, Salomé. Ela se aproximou de Jesus com a intenção de fazer um pedido, uma súplica. Sabe aquela mãe que quer ver os filhos bem colocados, bem guardados? Todas as mães, graças a Deus, são cheias de boas intenções, mas mesmo as boas intenções precisam ser purificadas e direcionadas.
Hoje, olhando para o seu coração de pai, coração de mãe, coração de filhos, Deus quer direcionar as suas intenções por melhor que elas sejam, para que sejamos discípulos do Senhor como Tiago era, como o seu irmão João também era.
Para seguir Jesus é preciso ser um servidor, servo dos homens, da humanidade, servo da Igreja e da evangelização
O fato é que o pedido da mãe gerou um mal estar no grupo, porque a mãe foi pedir para que um filho sentasse à direita e outro à esquerda de Jesus no Seu Reino. Que coisa boa! Qual mãe não quer um filho bem ali do ladinho de Jesus? A intenção que a mãe teve foi essa: “Coloca meus dois filhos como Seus discípulos, Seus seguidores, mas os colocar bem perto de você”.
Eu vejo, no pedido de Salomé, a súplica que cada mãe tem no coração. Como a mãe deseja que cada filho esteja bem perto de Jesus, esteja ao lado d’Ele, esteja reinando com Jesus aqui e na sua vida futura! Não há problema nenhum na súplica da mãe, há apenas na compreensão.
Jesus diz que para sentar à esquerda ou à direita não cabe a Ele, porque foi o Pai que reservou o lugar de cada um no seu coração, mas o mais importante é que não podemos nos esquecer: o discípulo de Jesus precisa ser servidor, aquele que serve.
Quem quer servir Jesus não pode ter preocupações com lugares, com importância, com títulos, reconhecimentos e valorização. Muitas pessoas acabam se afastando do caminho do discipulado, porque querem ser valorizadas, reconhecidas, aplaudidas e, realmente, se decepcionam para seguir Aquele que morreu na cruz pregado, Aquele que carregou sua cruz noite e dia.
Para seguir Jesus é preciso ser um servidor, servo dos homens, da humanidade, servo da Igreja e da evangelização. Servo é aquele que está a serviço, é o trabalhador, o operário, é aquele que opera e coloca a mão na massa, é aquele que tem disposição para trabalhar e não quer ser reconhecido, valorizado nem assalariado. Mas não é o salário do mundo, onde trabalhamos numa empresa e ganhamos pelo que fazemos. O que ganhamos seguindo Jesus é nos tornarmos Seu servidor.
Se você quer se tornar discípulo de Jesus, peça, todos os dias, o dom e a graça de servir sem nada esperar em troca.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário