Sorteio

quinta-feira, 27 de junho de 2019

A Palavra foi enviada para nos converter


“Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos Céus, mas o que põe em prática a vontade de meu Pai que está nos céus” (Mateus 7,21).
Clamar pelo nome de Deus, falar em nome d’Ele, orar ao Senhor e verbalizar o Seu nome todos podem fazer, e alguns o fazem com verdadeira maestria, soltam a voz, gritam, falam mais alto, pregam talvez o dia inteiro, mas não é isso que nos salva nem redime a nossa vida.
O que nos salva é fazer a vontade do Pai, é colocar em prática a vontade d’Ele, porque muitos de nós ouvem, escutam Deus, mas, muitas vezes, não colocam em prática o que ouviram. Concordamos com a Palavra até aqui, mas quando ela nos provoca dentro das convicções mundanas que temos, freamos a Palavra, não deixamos que ela venha destruir o que há de mau para edificar o que é divino e sagrado em nós. Por isso não nos convertemos, não mudamos de vida a cada dia.
Se queremos permanecer no rancor, apegamo-nos tanto a ele. Sabemos que não podemos ter rancor, mas não deixamos que a Palavra de Deus o destrua na nossa vida. Se queremos continuar falando mal dos outros, continuamos. Quando não vemos mal naquilo que é mau, é um mau sinal, é sinal de que a Palavra de Deus não está entrando em nós para transformar as nossas convicções.
A conversão não é algo simples. Basta olharmos para a nossa própria vida. É verdade que já mudamos muitas coisas em nós, mas é verdade que nós também nos conformamos no ponto em que chegamos e não avançamos. Muitas vezes, a nossa casa interior está edificada sobre uma areia movediça, e quando vêm ventos mais fortes, e batem contra a casa, ela perde a estabilidade.
A Palavra de Deus precisa ser vivida, precisa ser um canal que nos possibilite converter a cada dia
A estabilidade da nossa vida é a Palavra de Deus, é a Palavra que nos salva e transforma. A estabilidade da nossa vida é ouvir o Senhor de verdade e colocar em prática a Sua Palavra.
A Palavra de Deus precisa ser vivida, precisa ser um canal que nos possibilite converter a cada dia. Quando não estamos nos convertendo, é um mau sinal.
Preocupamo-nos em convencer e converter os outros, mas a Palavra foi enviada, a cada dia, para nos converter. Não fiquemos no “blá, blá” religioso, invocando e falando de Deus o tempo inteiro sem darmos espaço para o silêncio, para a meditação, contemplação, revisão, exame de consciência e, sobretudo, para mudarmos atitudes que são necessárias, importantes e fundamentais no nosso relacionamento com Deus, porque vai ser duro demais saber que dedicamos toda uma vida para Deus, mas não deixamos Ele nos converter.
Que a Palavra de Deus nos converta e nos convença, a cada dia, da nossa vida.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário