Sorteio

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Deixemos a semente da Palavra produzir frutos em nossa vida

Semeemos e deixemos a semente crescer, e ela produzirá muitos frutos na nossa vida
“O Reino dos Céus é como uma semente de mostarda que um homem pega e semeia no seu campo. Embora ela seja a menor de todas as sementes, quando cresce, fica maior do que as outras plantas” (Mateus 13,31-32).
Que beleza encararmos a Palavra de Deus como uma semente pequena, aos olhos humanos até insignificante, porque o que é significante conseguimos ver.
A Palavra de Deus, muitas vezes, não é enxergada nem tem importância, ela fica entre outras sementes; e como ela é pequena, fica escondida, guardada ou até desprezada, porque àquilo que é pequeno e insignificante não damos valor.
Quando descobrimos que aquela semente pode fazer toda a diferença, deixamos as outras de lado, porque, quando essa cresce, ela se torna maior do que todas as outras hortaliças ou plantas que cresceram com as sementes que semeamos ao longo da vida. No fim de tudo, o que vai importar é aquilo que Palavra de Deus realiza em nós.
Quando digo “fim de tudo”, não me refiro ao fim da vida, mas sim a quando olhamos para o nosso presente e vemos: “O que fez diferença em mim foi aquilo que cresceu de Deus em minha vida e no meu coração”.
Não deixemos o Reino de Deus ficar pequeno, insignificante em nossa vida. Demos valor à Palavra de Deus, permitamos que ela cresça, apareça, e ela se tornará a maior de todas as plantações da nossa vida, ela se tornará a planta mais importante do nosso coração. Passamos a vida semeando e plantando, há plantações que colhemos e não dão em nada, perdemos tempo, dinheiro e esforço; gastamos tudo de nós e nos tornamos depois desgastados.
Ninguém que semeia no Reino colhe frustração ou decepção, quem semeia o Reino de Deus colhe Deus na sua vida e no seu coração. Semeemos e deixemos essa semente crescer, e ela produzirá muitos frutos.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário