Sorteio

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Viva, confie e acredite na plenitude da vida eterna

Somos convidados a permanecer confiantes e perseverantes na busca pela vida eterna
“Aquele que acredita no Filho possui a vida eterna. Aquele, porém, que rejeita o Filho não verá a vida, pois a ira de Deus permanece sobre ele” (Jo 3, 31-36).
Começo falando do elemento que parece mais negativo: “a ira de Deus permanece sobre ele”. Não é que Deus fique irado, ou como se a ira e a raiva tomassem conta do coração de Deus.
A ira do Senhor ou aquela raiva que, as vezes, dá em nós, é a de termos perdido a graça de Deus e, isso, realmente nos deixam bravos, e também, deixa Deus triste, porque Ele não nos quer longe de d’Ele. Mas, se nós não crermos, permaneceremos na perda. Perda é raiva e tristeza para nós ou nós cremos para ter a vida ou senão perdemos a vida, porque aquele que acredita no Filho de Deus, possui a vida e viverá essa vida eterna.
A beleza de contemplar Jesus no meio de nós é ver o modo que Ele qualifica a nossa vida. Quando olhamos para Jesus, alguns só o veem como apenas um “Anjo”, mas Ele não é; Jesus é o Filho eterno do Pai. Ele assume a nossa humanidade e dá um sabor, um gosto no ser homem, e dá vontade de ser homem assim como foi O Homem que amou plenamente e viveu o perdão, a Misericórdia e cuidou dos doentes, dos enfermos; trouxe o Reino do Seu Pai para o meio de nós.
Em um mundo onde nos sentimos tantas vezes órfãos, Ele está nos dizendo que nós temos um Pai para aclamar, para buscarmos e amarmos; porque somos amados por esse Pai e Ele é a expressão maior do amor do Pai.
Tenhamos amor à vida! Quando Ele qualifica a nossa vida, há eternidade em nós. O Senhor está dizendo a nós justamente isto: “quem n’Ele crer, terá a vida eterna”. E, essa vida eterna está em nós quando  levamos a vida no nome de Jesus, quando a vivemos com Ele. Por vezes, proclamamos Jesus em nossa vida e vivemos a vida de acordo com as nossas convicções humanas, mas é n’Ele que está a nossa vida, a nossa esperança, a fé e as convicções, porque é crendo n’Ele que nós temos vida.
Se está faltando gosto, sabor, sentido e luz para tantas situações na nossa vida, então, é importante submeter tudo isso a Jesus, nosso Salvador, porque Ele não só nos salva dessas obscuridades, como nos dá, também, a vida e a resgata; além de dar sentido a ela.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário