Centenário da Arquidiocese de Maceió

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Liturgia Diária. Segunda-feira, 30/11/2020

 


SANTO ANDRÉ, APÓSTOLO

(vermelho, glória, pref. dos apóstolos – ofício da festa)

Junto ao mar da Galileia, viu o Senhor dois irmãos: Pedro e André, que pescavam. Ele os chamou: “Vinde comigo; eu vos farei, de hoje em diante, pescadores de homens” (Mt 4,18s).

André era discípulo de João Batista até quando este lhe apontou Jesus, o “Cordeiro de Deus”. Com seu irmão Pedro, foi chamado para tornar-se “pescador de gente”. Assumiu a causa do novo Mestre como um dos doze apóstolos. Celebrando sua festa, sejamos encorajados, por seu exemplo, a sermos autênticos evangelizadores.

Primeira Leitura: Romanos 10,9-18

Leitura da carta de São Paulo aos Romanos – Irmãos, 9se, com tua boca, confessares Jesus como Senhor e, no teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo. 10É crendo no coração que se alcança a justiça e é confessando a fé com a boca que se consegue a salvação. 11Pois a Escritura diz: “Todo aquele que nele crer não ficará confundido”. 12Portanto, não importa a diferença entre judeu e grego; todos têm o mesmo Senhor, que é generoso para com todos os que o invocam. 13De fato, todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. 14Mas como invocá-lo sem antes crer nele? E como crer sem antes ter ouvido falar dele? E como ouvir sem alguém que pregue? 15E como pregar sem ser enviado para isso? Assim é que está escrito: “Quão belos são os pés dos que anunciam o bem”. 16Mas nem todos obedeceram à Boa-nova. Pois Isaías diz: “Senhor, quem acreditou em nossa pregação?” 17Logo, a fé vem da pregação, e a pregação se faz pela palavra de Cristo. 18Então, eu pergunto: será que eles não ouviram? Certamente que ouviram, pois “a voz deles se espalhou por toda a terra, e as suas palavras chegaram aos confins do mundo”. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 18(19A)

Seu som ressoa e se espalha em toda a terra.

1. Os céus proclamam a glória do Senhor, / e o firmamento, a obra de suas mãos; / o dia ao dia transmite essa mensagem, / a noite à noite publica essa notícia. – R.

2. Não são discursos nem frases ou palavras, / nem são vozes que possam ser ouvidas; / seu som ressoa e se espalha em toda a terra, / chega aos confins do universo a sua voz. – R.

Evangelho: Mateus 4,18-22

Aleluia, aleluia, aleluia.

Vinde após mim, disse o Senhor, / e eu ensinarei a pescar gente (Mt 4,19). – R.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus – Naquele tempo, 18quando Jesus andava à beira do mar da Galileia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam lançando a rede ao mar, pois eram pescadores. 19Jesus disse a eles: “Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens”. 20Eles, imediatamente, deixaram as redes e o seguiram. 21Caminhando um pouco mais, Jesus viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João. Estavam na barca com seu pai, Zebedeu, consertando as redes. Jesus os chamou. 22Eles, imediatamente, deixaram a barca e o pai e o seguiram. – Palavra da salvação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário