Sorteio

sábado, 7 de março de 2020

Evangelho de hoje, domingo, 08/03/2020

Liturgia Diária
DIA 8 – DOMINGO
2º DA QUARESMA
(roxo, creio, prefácio próprio – 2ª semana do saltério)
Meu coração disse: Senhor, buscarei a vossa face. É vossa face, Senhor, que eu procuro, não desvieis de mim o vosso rosto! (Sl 26,8s)
Somos convidados a subir a montanha com Jesus e fazer a experiência de sua glória. A transfiguração nos revela os rostos desfigurados de tantos irmãos e irmãs carentes de dignidade e nos aponta o caminho para a realidade prometida por Deus. Esta liturgia nos alcance a graça de vermos brilhar em nossa vida a boa-nova do evangelho.
Primeira Leitura: Gênesis 12,1-4

Leitura do livro do Gênesis – 1Naqueles dias, o Senhor disse a Abrão: “Sai da tua terra, da tua família e da casa do teu pai e vai para a terra que eu te vou mostrar. 2Farei de ti um grande povo e te abençoarei: engrandecerei o teu nome, de modo que ele se torne uma bênção. 3Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão abençoadas todas as famílias da terra!” 4E Abrão partiu, como o Senhor lhe havia dito. – Palavra do Senhor.
Salmo Responsorial: 32(33)

Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, / venha a vossa salvação!
1. Pois reta é a palavra do Senhor, / e tudo o que ele faz merece fé. / Deus ama o direito e a justiça, / transborda em toda a terra a sua graça. – R.
2. Mas o Senhor pousa o olhar sobre os que o temem / e que confiam, esperando em seu amor, / para da morte libertar as suas vidas / e alimentá-los quando é tempo de penúria. – R.
3. No Senhor nós esperamos confiantes, / porque ele é nosso auxílio e proteção! / Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, / da mesma forma que em vós nós esperamos! – R.
Segunda Leitura: 2 Timóteo 1,8-10

Leitura da segunda carta de são Paulo a Timóteo – Caríssimo, 8sofre comigo pelo evangelho, fortificado pelo poder de Deus. 9Deus nos salvou e nos chamou com uma vocação santa, não devido às nossas obras, mas em virtude do seu desígnio e da sua graça, que nos foi dada em Cristo Jesus desde toda a eternidade. 10Essa graça foi revelada agora, pela manifestação de nosso salvador, Jesus Cristo. Ele não só destruiu a morte, como também fez brilhar a vida e a imortalidade por meio do evangelho. – Palavra do Senhor.
Evangelho: Mateus 17,1-9

Louvor a vós, ó Cristo, rei da eterna glória.
Numa nuvem resplendente, fez-se ouvir a voz do Pai: / Eis meu Filho muito amado, escutai-o, todos vós (Lc 9,35). – R.
Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus – Naquele tempo, 1Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e os levou a um lugar à parte, sobre uma alta montanha. 2E foi transfigurado diante deles; o seu rosto brilhou como o sol, e as suas roupas ficaram brancas como a luz. 3Nisso apareceram-lhes Moisés e Elias, conversando com Jesus. 4Então Pedro tomou a palavra e disse: “Senhor, é bom ficarmos aqui. Se queres, vou fazer aqui três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias”. 5Pedro ainda estava falando quando uma nuvem luminosa os cobriu com sua sombra. E da nuvem uma voz dizia: “Este é o meu Filho amado, no qual eu pus todo meu agrado. Escutai-o!” 6Quando ouviram isso, os discípulos ficaram muito assustados e caíram com o rosto em terra. 7Jesus se aproximou, tocou neles e disse: “Levantai-vos e não tenhais medo”. 8Os discípulos ergueram os olhos e não viram mais ninguém, a não ser somente Jesus. 9Quando desciam da montanha, Jesus ordenou-lhes: “Não conteis a ninguém essa visão até que o Filho do homem tenha ressuscitado dos mortos”. – Palavra da salvação.
Reflexão:

No segundo domingo da Quaresma, a Igreja recorda sempre o evangelho da Transfiguração de Jesus. Ele sobe a uma alta montanha e se transfigura diante de alguns discípulos. Lá é proclamado “Filho de Deus”, e da nuvem sai uma voz que exorta a escutá-lo. No seu brilho, Jesus completa a “história da salvação” (Moisés e Elias) e torna-se a verdadeira e autêntica morada de Deus. É bom ficar nas alturas contemplando o brilho do Mestre – Pedro pede para fazer umas tendas, a fim de perenizar a permanência no alto –, mas a missão ainda não terminou, por isso é necessário descer à planície, onde estão os desafios. Todos somos convidados a fazer a experiência de “Cristo glorioso” (a transfiguração é como que uma antecipação da glória de Jesus), lembrando, porém, que ele ainda deve passar pela cruz, quando conclui sua missão terrena. A tentação de nos acomodarmos no monte é grande, esquecendo assim os desafios e os problemas da humanidade e a necessidade de subir o calvário.
Oração
Filho amado do Pai, és o ponto central da história humana. Pela tua transfiguração, revelaste aos apóstolos que em ti se cumpririam todas as promessas das Escrituras Sagradas. És o nosso único Mestre. Dá-nos a graça de ouvirmos a ti somente, e praticarmos fielmente os teus ensinamentos. Amém.
(Dia a dia com o Evangelho 2020 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp (dias de semana) Pe. Nilo Luza, ssp (domingos e solenidades))
Fonte - https://www.paulus.com.br/portal/liturgia-diaria/dia-8-domingo-15#.Xl5Mr0pv_IU

Nenhum comentário:

Postar um comentário