Sorteio

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Correspondamos à graça de Deus

A quem muito foi dado muito será pedido; a quem muito foi confiado muito mais será exigido!” (Lucas 12,48).
O Senhor Nosso Deus é justo e misericordioso. É muito importante prestarmos atenção nesses dois adjetivos, porque nós queremos que Deus seja somente misericordioso, e Ele é extremamente misericordioso para conosco. Ele não nos trata de acordo com os nossos pecados, mas nos trata de acordo com o seu coração.
Ele vem ao nosso encontro, a cada dia, para cuidar de nós, para nos mostrar o seu amor, para nos levantar, para não nos deixar caídos e prostrados nas estradas da vida. O Senhor bom e misericordioso cuida de nós, e precisamos responder ao amor misericordioso de Deus com a nossa vigilância, com o nosso cuidado e com a nossa responsabilidade pelos nossos atos, pelas nossas atitudes, pelas nossas escolhas e pela vida que nós levamos.
Quem responde pelos nossos atos e escolhas somos nós. Quem responde pelo que fazemos ou deixamos de fazer somos nós. É a atitude da maturidade, é a atitude do discípulo, do servo que é responsável por aquilo que lhe foi confiado.
A graça de Deus está agindo em nós, sobre nós, na nossa vida e no nosso tempo
A verdade é que Deus não tem nos confiado pouco, por isso mesmo, Ele é bondoso, misericordioso e, sobretudo, muito justo.
Não podemos esperar que Deus trate uma pessoa que não teve nem a graça de conhecê-Lo, de ser evangelizado como nós somos a cada dia. A Palavra de Deus é semeada, é colocada, somos advertidos, formados e informados sobre a ação de Deus, por isso precisamos corresponder a tamanha graça.
Não sejamos como aquele servo infiel, preguiçoso, relaxado, acomodado, que quer se fazer prevalecer da bondade e da misericórdia de Deus, por isso não toma atitude, não se converte, por isso peca e diz: “Depois Deus perdoa”, e não se empenha em mudar de vida, não repara os seus maus, faz vista grossa diante das coisas ou, então, se compara: “Meu pecado é pequeno, grande é o daquele outro”.
Talvez, até a materialidade do que o outro faça seja maior do que a minha, mas a minha consciência é muito mais iluminada, porque muito mais recebo de graça de Deus. Por isso, aí está o tamanho da responsabilidade para com o sagrado.
Deus tem sido muito bom e nos revelado Seus tesouros. A Sua graça está agindo em nós, sobre nós, na nossa vida e no nosso tempo. Agora, é preciso ter responsabilidade e seriedade com a graça recebida.
Deus abençoe você!
 Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário