Sorteio

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Quando temos fé, grandes milagres acontecem


“E Jesus não fez ali muitos milagres, porque eles não tinham fé” (Mateus 13,58).
Jesus foi a sua terra natal e, de modo particular, foi à sinagoga, aquela mesma sinagoga onde Ele cresceu, onde Ele aprendeu, onde todos O conheciam. Num primeiro momento, Ele causou admiração do reconhecimento, do acolhimento e de saber, de fato, abrir o coração para aquilo que trazia e falava.
Quando a sabedoria de Jesus se manifestou e provocou reação negativa, porque ela incomoda as situações mais cômodas do coração humano, começaram a rejeitá-Lo.
Quando Jesus disse que um profeta não é aceito em sua pátria, é porque aquela pátria, aquela família, aqueles parentes não acolhem a correção, a direção e a luz que os de casa podem trazer.
Quando olhamos para o nosso âmbito familiar, a nossa família é a nossa primeira correção, é o primeiro lugar onde a profecia acontece, porque os nossos nos conhecem de perto e ficamos muito incomodados quando eles nos corrigem.
A mulher, muitas vezes, não aceita ser corrigida pelo marido; o marido escuta todo mundo na rua, mas não aceita ser corrigido pela sua própria esposa. Os filhos vão ficando impacientes, e ainda vão criando rejeição pela correção dos seus pais.
Quando quebramos o nosso orgulho, grandes milagres acontecem na nossa vida e no nosso coração
A sabedoria que nos instrui e nos eleva é a sabedoria também que nos corrigi. Escutamos todos os pregadores que conhecemos de longe, mas aqueles que fazem parte da nossa convivência: o pároco da nossa paróquia, o irmão que convive conosco, já criamos uma resistência. Admiramos o que está longe e nos escandalizamos com aquilo que está perto, porque o perto atinge a nossa intimidade e, muitas vezes, não queremos ser tocados nem corrigidos.
Jesus é alguém próximo deles, alguém que cresceu com eles que está trazendo o Reino de Deus e a Palavra de Deus para eles. Precisamos ser Palavra de Deus para os nossos e precisamos que os nossos também sejam presença de Deus para a nossa vida. Podemos ter admiração e reconhecimento, mas podemos olhar para os nossos com escândalo e rejeição. Por isso, os milagres não aconteceram em Nazaré, por isso eles também não acontecem em nossa vida, pois nos falta a fé deste Deus que age e pode no meio dos nossos.
Quando quebramos o nosso orgulho, grandes milagres acontecem na nossa vida e no nosso coração.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário