Sorteio

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Precisamos ter prudência em tudo que fazemos


Cinco delas eram imprevidentes, e as outras cinco eram previdentes. As imprevidentes pegaram as suas lâmpadas, mas não levaram óleo consigo” (Mateus 25,2-3).
A parábola que Jesus conta para comparar o Reino dos Céus é das dez jovens que saíram com as suas lâmpadas ao encontro do noivo. O noivo é o Senhor, é Ele que vem ao nosso encontro e estamos indo ao encontro d’Ele, porém, cinco delas eram previdentes, prudentes, atentas e colocaram óleo.
Na caminhada da vida, agora temos entusiasmo e fé, mas sabemos que o óleo acaba da mesma forma que a gasolina do carro acaba.
Sabemos o quanto é duro sermos imprudentes na vida. Há pessoas que ficaram na mão, porque não abasteceram o seu carro; há aviões que caíram, porque não tiveram a manutenção adequada. 
É preciso dizer que, na vida, precisamos ter prudência em tudo aquilo que fazemos. Precisamos rezar para manter vigilante e atenta a nossa relação com Deus; e precisamos cuidar dela, porque há muitas pessoas que rezam, mas não cuidam, não prestam atenção.
Há situações que se tornaram calamidades, porque faltou a prudência necessária
Eu vi crianças sendo atropeladas, porque faltou o cuidado; eu vi vidas se perdendo, porque faltou atenção. Então, a vigilância é da vida, é a atenção com aquilo que são as nossas responsabilidades.
Eu sei que, muitas vezes, estamos de cabeça quente, de cabeça cheia, estamos pensando em muita coisa. Esfriemos a cabeça, tiremos aquilo tudo que está nos sufocando para termos foco e atenção no essencial, porque perdemos coisas. Perdemo-nos nas coisas e na vida, porque não somos prudentes, não damos a atenção devida para as coisas mínimas.
Basta a desatenção com o fogo para que todo um incêndio aconteça. Basta não prestar atenção num detalhe para que muitas coisas aconteçam. E onde estava Deus? Lamentando as nossas imprudências, a nossa falta de atenção e a nossa falta de cuidado. E aí a desgraça ou a tragédia maior é quando perdemos a própria vida eterna, a nossa própria relação com o Senhor, porque não somos prudentes, atentos, nem acendemos a nossa lâmpada, porque nos falta óleo, atenção, oração, foco, serenidade e sobriedade para lidarmos com a nossa própria vida.
Sejamos como as jovens prudentes e previdentes que estão cuidando da sua vida a cada dia.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário