Sorteio

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Sejamos presença de Deus na vida do próximo


Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa, dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judeia. Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel” (Lucas 1,39-40).
Que graça celebrarmos, hoje, a visitação de Nossa Senhora! Um homem e uma mulher conduzidos pelo Espírito são levados ao encontro do outro. O Espírito não nos conduz apenas para estarmos na presença de Deus, Ele nos leva a estarmos na presença do Pai como Maria estava na presença d’Ele quando o anjo a visitou. É o próprio Deus quem nos conduz para irmos ao encontro do próximo, dos mais necessitados, aflitos e sofridos.
O Espírito não nos deixa prostrados, tendo pena de nós, colocando-nos como coitadinhos. Ele nos arranca de todo e qualquer sentimento depreciativo que se aloja em nossa alma para nos colocar na vanguarda do mundo e cuidarmos uns dos outros.
Precisamos do espírito de Maria, esse espírito que a levantou, que a fez andar por montanhas, subindo uma, descendo outra de uma forma apressada. A pressa em cuidar, em fazer-se presente. Maria não foi até a casa de Isabel para ser elogiada nem agraciada, ela foi para se fazer presente.
Como precisamos visitar uns aos outros! Vivemos numa era onde nos fechamos, acomodamo-nos em nossos apartamentos, em nossas casas e nos fechamos num mundo virtual onde gastamos um bom tempo em cima dos smartphones, dos nossos computadores que até as nossas visitas são virtuais, conversamos um com o outro, mas não nos fazemos presente fisicamente na vida dele.
Permitamos que o Espírito nos tire de nossas casas, dos nossos apartamentos, dos nossos smartphones, computadores para irmos encontro das pessoas. É triste que, muitas vezes, até saímos para ver alguém, mas não vamos inteiros. A criança vai visitar os seus avós, mas tem de ser com o celular na mão. Ficamos o tempo inteiros presos a essa máquina, a essa situação e não nos fazemos dom e dádiva na vida do outro.
Não é para fofocar, não é para falar da vida dos outros, mas para acolher e sermos presença de Deus na vida do próximo
Não permitamos que as máquinas nos dominem, mas que o Espírito Santo de Deus domine o nosso coração, a nossa alma, os nossos sentimentos e afetos, a fim de sairmos para levar Deus, para estar presente na vida do outro. Saiamos para acolher o outro e vamos inteiros, vamos, de fato, com o coração e com a alma, porque é assim que nos tornamos portadores da graça divina.
Maria, que portava Jesus, foi inteira com o dom que tinha em si para se encontrar com Isabel, sua parenta. Precisamos visitar nossos parentes, nossos amigos, os doentes e pessoas que não são tão queridas. Não é para fofocar, não é para falar da vida dos outros, mas para acolher a pessoa do outro e ser presença de Deus na vida dele.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário