Sorteio

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Peçamos a Jesus que auxilie a nossa falta de fé

Tudo é possível para quem tem fé
“Jesus disse: ‘Se podes!… Tudo é possível para quem tem fé’. O pai do menino disse em alta voz: ‘Eu tenho fé, mas ajuda a minha falta de fé’” (Marcos, 9,23-24).
Acompanhamos com o Evangelho de hoje um pai que vivia uma situação dramática. Ele sofria com o seu filho desde criança. Pois, desde então, um espírito agitava aquele menino, o lançava ao fogo e à água.
Então, o pai e a mãe dessa criança já não sabiam mais o que fazer para ajudarem o filho. Era a dor de um pai e de uma mãe com o coração desesperado diante da fragilidade que vivia aquela criança. Então, eles recorreram a Jesus.
E o pedido do pai foi: “Senhor, se Tu podes, por favor, faça algo pelo meu filho”. E Jesus responde: “Se tu podes, tudo é possível para quem tem fé”. Que beleza a resposta do pai! Pois, humildemente ele diz: “Senhor, tenho fé sim, talvez seja uma fé fraca, uma fé frágil, mas com essa fé que tenho, eu Te peço: ‘Socorre, ajuda a minha pouca fé ou a minha falta de fé’”.
Quando olho a situação desse pai, olho a situação de tantos pais, que têm fé, acreditam em Deus, sabem que Ele é Pai, mas muitas vezes, não sabem recorrer a Deus, pois sentem que não têm tamanha fé.
Digo para vocês, pai e mãe: “Não importa o tamanho da sua fé, mesmo que ela esteja minúscula, abalada, arrasada por tantas situações da vida, mas sobretudo, pelos sofrimentos que seus filhos possam te causar: não tenha receio. Busque a Jesus com todo o seu coração e toda a sua alma”.  
Assim como aquele pai, rasguemos também o nosso coração para Jesus. Peçamos a Ele socorro e que Ele auxilie a nossa falta de fé. Que Ele venha nos ajudar diante dos nossos sofrimentos.
Não precisamos ter medo e receio, porque o Senhor vem em socorro às nossas fragilidades, quando humildemente nos colocamos em Sua presença. Olho para o Evangelho de hoje e me vem à mente tantos pais que, muitas vezes, se colocam de joelhos, dia e noite, suplicando a Deus pelos filhos.
Hoje, quero suplicar a todos e colocar a semente em todos que nos acompanham: homens e mulheres, papais e mamães. Coloquem-se de joelhos na presença de Jesus para clamarem pelos seus filhos. Não espere seu filho manifestar algum problema, alguma dificuldade ou sofrimento.
Peço aos pais que, desde o momento em que a criança for concebida, a primeira coisa a fazer é se ajoelhar, é entregar para Jesus, é clamar o Sangue de Jesus pelo seu filho.  
Que alegria e que benção quando nasce uma criança! Mas não se deixe levar somente pela exaltação da vida que nasceu, coloque-se de joelhos na presença do Senhor. E, quando ela for crescendo e se tornando um menino, uma menina, um adolescente, um jovem e, em todas as épocas da vida dela, os joelhos do pai e da mãe no chão são  súplicas da bênção de Deus para conduzir, libertar, salvar e restaurar os filhos.
Coloque sempre seus filhos na presença de Jesus.
Deus abençoe você!                                    
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário