Sorteio

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Aceitemos Jesus e fiquemos cheios do Espírito Santo

Quem aceita Jesus como seu Senhor esvazia-se de suas concepções para se deixar guiar pelo mesmo Espírito que O guiou
“Estêvão, cheio do Espírito Santo, olhou para o céu e viu a glória de Deus e Jesus, de pé, à direita de Deus. E disse: ‘Estou vendo o céu aberto, e o Filho do Homem, de pé, à direita de Deus’” (At 6,55-56).
No primeiro dia da Oitava do Natal de Jesus, celebramos o primeiro mártir, aquele que foi o primeiro a dar a sua vida por causa de Jesus.
Cristo encarnou-se no meio de nós, na vida daqueles que O acolheram. Estêvão aceitou Jesus como seu Senhor e Salvador e levou a sua vida em nome d’Ele.
Acolher Jesus não é simplesmente fazer festa, porque Ele nasceu. Acolher Jesus quer dizer aceitá-Lo, amá-Lo e tê-Lo como o único Senhor e Salvador da sua vida, e levar tudo aquilo que você realiza em nome de Jesus, é estar disposto a dar vida por Ele como Ele deu sua vida por nós.
Estêvão fez isso com todo amor do seu coração, sem peso, sem medo e sem receio. Mesmo sendo perseguido, rejeitado e apedrejado não viu outra coisa, a não ser a glória e a presença de Deus.
Durante a sua vida, Estêvão foi um homem intrépido, ousado e cheio do Espírito Santo. Quem recebe e quem aceita Jesus como seu Senhor e Salvador se enche da graça do Espírito, esvazia-se de suas concepções e meros conceitos humanos para deixar-se guiar pelo mesmo Espírito que guiou Jesus.
O grande dom que Estêvão recebeu foi o Espírito de Jesus que estava nele e o guiou para que ele pregasse, testemunhasse e desse a sua vida por causa de Jesus. Estêvão doou a sua vida e, antes que os homens a tomassem, ele a expôs para o anúncio do Evangelho. Aquilo causou um profundo incômodo e muitos o perseguiram e, quanto mais o perseguiam, mais ele testemunhava o amor de Deus que estava nele. Ele morreu perdoando seus algozes, morreu cheio do Espírito, amando quem o rejeitava e testemunhando a graça de Deus que estava nele.
Somos chamados a amar Jesus com a vida, a testemunhá-Lo com os nossos atos e com aquilo que fazemos. Levemos, portanto, a vida em nome de Jesus, amemos uns aos outros, perdoemos quem precisamos perdoar, mas, acima de tudo, manifestemos com nossas palavras, atos e com a nossa vida que Jesus nasceu, vive e mora no meio de nós.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário