Sorteio

terça-feira, 9 de outubro de 2018

O essencial para um servo é amar o Senhor

O essencial jamais nos será tirado; pelo contrário, o essencial nos constrói, refaz e redimensiona-nos
“Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas. Porém, uma só coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada” (Lucas 10,41-42).
Quando escutamos o Evangelho das irmãs Marta e Maria, sempre achamos que Maria era a calminha e Marta totalmente agitada. A verdade é que as duas eram amigas e discípulas de Jesus Cristo, mas Marta era a dona da casa, e cuidava dela para receber Jesus. Marta era, de fato, atarefada, agitada e não sabia ficar quieta. Não se trata de apenas de ficar quieta nos afazeres, mas, sobretudo, é deixar o coração aquietar-se. Marta tinha dificuldade até para se colocar na presença de Jesus e escutá-Lo.
Pessoas muito atarefadas são agitadas e, mesmo que não tenham muitas ocupações, deixam as ocupações tomarem conta do seu coração. Quando o coração se agita e fica com todas aquelas perturbações, ele não se ocupa do essencial.
Há uma lista de prioridades na nossa vida, mas o essencial para um servo do Senhor é amá-Lo. Com o coração tão repleto, tão cheio de amores, coisas e ocupações, como podemos nos ocupar do essencial? Esvaziando-nos de tantas coisas, de tantas preocupações e tensões, de tantos medos e temores, e focando o nosso coração no Senhor. 
O essencial jamais nos será tirado; pelo contrário, o essencial nos constrói, refaz e redimensiona-nos. Precisamos amar a Deus de todo coração.
A grande tentação dos tempos chama-se ansiedade de se agitar, de viver tenso com as situações da vida. Desprenda-se, respire fundo, acalme a alma e o coração, fixe o olhar em Jesus, fixe os pensamentos n’Ele e deixe que o Senhor e Mestre acalme o coração do discípulo, para que este esteja sempre colado no coração do Mestre.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário