Sorteio

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Cristo expulsa o mal da nossa vida

Precisamos conquistar a pureza das crianças, porque Jesus é aquele que expulsa o mal e as impurezas da nossa vida
“Que palavra é essa? Ele manda nos espíritos impuros, com autoridade e poder, e eles saem” (Lucas 4,36).
Jesus estava na sinagoga e havia um homem possuído por um espírito impuro, que gritava em alta voz: “Quem és tu, Jesus de Nazaré? Vieste aqui para perder-nos”. É muito importante salientar que o espírito maligno é impuro, sujo, e a obra dele é sujar o mundo, torná-lo imundo e impuro, é deixar toda a humanidade suja.
Já deu para ver que é horrível uma casa suja, uma cidade suja, um mundo totalmente sujo e impuro, mas pense como é horrível uma alma impura, suja e imunda, e a obra dele é justamente essa.
Não fique pensando que possessão é o fato de uma pessoa começar a gritar ou falar palavras desordenadas. É óbvio que existem casos de possessões por todo o mundo, mas a grande possessão do mundo é a impureza. 
O maligno não se conforma só com o coração, ele começa pela mente. Uma mente suja tem muitas maldades, ela vê tudo pela ótica do mal. Não é difícil ver quando as pessoas vão conversar, e logo no início da conversa alguém já traz o negativo e o maldoso. O problema é a maldade que já está na cabeça, depois do coração que fala por meio da boca e sai mais coisas maldosas e impuras que estragam a melhor coisa que queremos conversar, pensar ou fazer.
A forma de o inimigo agir no mundo em que estamos é para nos tornar pessoas impuras. E de que maneira isso acontece em nós? Somos uma mistura, o bem está em nós, a graça de Deus está em nós, as virtudes estão na nossa vida e no nosso coração, entretanto, deixamos misturar aquilo que é sujo e impuro, e então vem palavras, pensamentos e sentimentos. As coisas estão se misturando dentro de nós, e por isso precisamos da autoridade de Jesus.
Jesus tem autoridade e poder sobre os espíritos impuros. Em outras palavras, Jesus tem o poder de nos purificar e de expulsar aquilo que tira de nós o esplendor de sermos à imagem e semelhança do Senhor.
Não permitamos que os espíritos impuros dominem nossas casas, nossas famílias, relações familiares, amizades e tudo aquilo que fazemos, pois temos muitas discórdias, acusações, brigas, ciúmes, invejas, e prevalece, no nosso coração, o rancor, o ressentimento e a mágoa, porque isso tira a pureza de Deus em nós.
Olhe para uma criança ou pegue um bebê no colo. Neles não há nenhuma impureza, não há nenhum sentimento mal, não há a mistura do mal com o bem, por isso o Reino dos Céus é das crianças, e precisamos conquistar a pureza delas, porque Jesus é aquele que expulsa o mal e as impurezas da nossa vida.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário