Sorteio

quarta-feira, 30 de maio de 2018

O segredo da vida em Deus é a leveza

Encaremos a vida com a leveza de que podemos dar o melhor de nós sem precisarmos ser melhores ou mais importantes do que o outro
“Mas, entre vós, não deve ser assim: quem quiser ser grande seja vosso servo; e quem quiser ser o primeiro seja o escravo de todos. Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos” (Mc 10,43-45).
A vida humana não pode ser movida pelas pretensões de grandeza e superioridade humana. O coração se eleva, enche-se de orgulho, arrogância e pretensões desmedidas.
Estamos nos medindo pelos outros: quando estamos melhor que o outro, quando podemos mais que o outro, sentimo-nos bem. Quando somos rebaixados ou igualados, nosso coração começa a entrar em confusão, um certo desânimo, e algo negativo acontece dentro de nós. Esse é o parâmetro errado da vida. Se criarmos um parâmetro para a nossa existência, para a nossa vida, a partir da vida do outro, viveremos em constante desgaste emocional.
Quando as nossas emoções estão desgastadas, quando as nossas emoções estão vivendo cada vez mais aquela onda do que o outro pensa, acha, vê, do que temos e o outro não tem, a vida humana se empobrece demais, o nosso espírito desfalece, esgota-se e desgosta-se, perde o gosto e o sabor de viver.
Tornemos a nossa vida leve, encaremos a vida com a leveza necessária, na certeza de que podemos dar o melhor de nós sem precisar ser melhor ou mais importante do que o outro. O segredo da vida em Deus é a leveza e a suavidade. “O meu fardo é suave”, diz Jesus. O que torna o nosso fardo doloroso e pesado é o peso excessivo que damos às coisas, às preocupações e aos excessos de comparações, seja lá com quem for.
Sejamos leves e deixemos que a leveza do Espírito conduza a nossa forma de viver.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário