Sorteio

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Os homens precisam aprender a ter uma comunhão com Deus

A oração é a forma de diálogo dos homens com Deus
“De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vós perdoará. Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes” (Mt 6, 7-15).
A comunhão com Jesus, com o Pai, com o nosso Deus acontece pela via da oração, porque ela não é repetição de palavras e as fórmulas oracionais que nós conhecemos, todas elas têm um sentido pedagógico bonito, maravilhoso e coloca em nossos lábios e no coração palavras santificadas e benditas, as quais, nos ajudam a crescer na relação com Deus. Essa comunhão com Deus acontece quando o meu coração e minha boca falam em conjunto. Muitas vezes nós “repetimos” palavras, mas o coração não segue o que falamos, por isso, a nossa oração e comunhão com Deus não pode acontecer só por orações, repetindo fórmulas oracionais.
Quero frisar que elas são importantes, mas são pedagógica, pois, nos conduzem a uma oração verdadeira e a uma comunhão com Deus. Muitas vezes não saímos da forma primária de oração e só sabemos repetir as palavras, e assim, não expressamos a Deus aquilo que sentimos.
Não podemos rezar o Pai-Nosso e dizer -“perdoai as nossas ofensas”- se não nos comprometermos em perdoar o irmão; ou não viver a misericórdia; e ainda não dizer “Senhor não me deixeis cair em tentação”, e quando a tentação vem nos entregamos a ela.
Oração é comprometimento, comunhão e relação com Deus. Oramos e entramos em comunhão com Deus, porque estamos nos relacionando com Ele. É falar com Deus como falamos como nossos irmãos e amigos, mas naquela sintonia de alma e de coração, e não como se o Senhor estivesse distante e nós aqui embaixo.
Meu Deus é tão próximo de mim, o nosso Deus é tão próximo de nós, e está muito perto de mim e de você. O que nós precisamos é fazer comunhão com Ele, permitir que a nossa a oração seja respaldo daquilo que é a nossa vida.
Tenho fraquezas e pecados; confesso e reconheço; mas quero louvar e louvo a Deus. Faço das orações a expressão da minha vida.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.
https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Nenhum comentário:

Postar um comentário