Sorteio

terça-feira, 18 de abril de 2017

Cristo é a razão maior da nossa vida!

Precisamos encontrar Aquele que é a razão maior da alegria, da bênção, da nossa própria existência
“’Jesus perguntou: ‘Mulher, por que choras? A quem procuras?’ Pensando que era o jardineiro, Maria disse: ‘Senhor, se foste tu que o levaste dize-me onde o colocaste, e eu o irei buscar’” (João 20, 15).
Maria Madalena estava do lado de fora do túmulo, aliás, ela não largava aquele túmulo por nada. Desde o dia em que Jesus encontrou-se com Maria e transformou sua vida, ela nunca mais largou d’Ele.
Quando o Senhor foi crucificado, ela O acompanhou. Quando Ele foi colocado no túmulo ali estava Maria. Por isso, ela foi agraciada para ser a primeira testemunha, primeira discípula, aquela que, de fato, contemplou o Ressuscitado. Ela ainda estava chorando, desconsolada, procurando o Senhor.
Às vezes, encontramo-nos como Maria: do lado de fora do túmulo, procurando pelo Senhor.
Maria Madalena estava, na verdade, procurando a alegria e a razão da sua vida; buscava Aquele que havia a ressuscitado, em primeiro lugar; Aquele que havia dado razão a sua existência.
Maria estava chorando porque procurava a razão da sua vida e os homens haviam-No levado. Mas ela O queria, mesmo que fosse apenas o Seu corpo.
Sabe, também choramos muito na vida. Cada um têm a sua razão para chorar, cada um têm os motivos para sua tristeza. Mas choramos e ficamos desconsolados e, às vezes, deixamo-nos consolar por consolos humanos, momentâneos, que nos levam depois a viver outras tristezas na vida.
Precisamos do consolo pleno, precisamos encontrar Aquele que é a razão maior da alegria, da bênção, da nossa própria existência. Maria encontrou e sua vida nunca mais foi a mesma! Desde que encontrou Jesus, ela fez d’Ele a razão maior da sua vida.
Não basta apenas nos encontrarmos com Jesus Ressuscitado. Precisamos nos encontrar com Cristo e permitir que Ele seja a razão maior da nossa vida. É preciso permitir que Ele alegre definitivamente e plenamente o nosso coração, a nossa vida e nossa existência. É preciso fazer de Jesus o senhor da nossa vida!
O nosso coração não será mais o mesmo, a nossa vida não será mais a mesma. As nossas lágrimas poderão ser derramadas, mas serão consoladas e enxugadas pelo próprio Cristo. Não podemos perdê-Lo. E se ainda não O encontramos, precisamos encontrá-Lo e fazer como Maria Madalena fez: testemunhar para todos que Jesus está vivo e é o Senhor.
Levemos a todos a Boa Nova da ressurreição de Jesus.
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo
Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: mailto:padrerogercn@gmail.com – Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário