Sorteio

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Conheçamos a vontade do Senhor para nossa vida

Quando nos aplicarmos em conhecer a vontade do Senhor e por onde Sua mão pode nos conduzir, vamos andar por trilhas e estradas mais seguras

Hoje, vemos a narração maravilhosa da vocação do profeta Samuel. Quando olhamos para ele, aprendemos o modelo de alguém que segue Deus ou procura, em sua vida, ser um servidor de Sua Palavra.
Precisamos aprender, a cada dia, a nos colocarmos à disposição de Deus, a sermos instrumentos d’Ele para que o mundo seja melhor. Deus conta, precisa e quer cada um de nós no Seu serviço, na estrada da vida, construindo um mundo melhor!
Olhando hoje para o chamado de Samuel, quatro coisas vêm ao meu coração para que, todos os dias, possamos discernir a vontade de Deus em nossa vida.
O primeiro ponto é a docilidade de espírito. Quem quer ser de Deus precisa ser dócil, submisso, ter relação e intimidade com o Senhor, procurar escutar Sua voz que fala nos acontecimentos, na vida, nos fatos, na palavra e nas pessoas. Docilidade ao amor que nos chama, e quem ama escuta a voz do amado. A docilidade cresce quando nos colocamos em oração.
Outro ponto essencial é ter vida de oração, ter uma relação com Deus de forma amorosa, respondendo-Lhe com nossas orações. Oração na qual nos submetemos a Deus, colocamo-nos à Sua disposição, quando nós O interrogamos, questionamos e colocamos sobre Ele nossas fraquezas e nossos limites, mas falamos com Ele. Oração é saber escutar e falar com o Senhor de nossa vida!
O terceiro ponto é o discernimento. Veja, Samuel escutou a voz do Senhor, levantou-se, porém não a compreendeu e achou que era Eli quem o estava chamando. Nós, muitas vezes, podemos nos confundir, acharmos que o humano é divino, não entendermos o que o outro está falando, não entendermos que é Deus quem está nos chamando. Então, peçamos a Ele o dom do discernimento para que possamos entender onde, como e de que maneira Deus quer nos usar e falar ao nosso coração.
Quando fazemos o discernimento, colocamo-nos num outro ponto importantíssimo, que é a prontidão, que Samuel tinha de sobra em seu coração: “Fala que teu servo escuta!”. Prontidão para fazer a vontade do Senhor, para servi-Lo, para entender que Ele tem o melhor para nós.
Quando nos aplicarmos em conhecer a vontade do Senhor e por onde Sua mão pode nos conduzir, vamos andar por trilhas e estradas mais seguras. Elas podem até parecer escuras e obscuras, mas onde quer que estejamos, a mão do Senhor estará conosco!
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário